sexta-feira, 13 de abril de 2018

Pê esPerando o findi!

Obaaa!!! Hoje é sexta! 
Tô numa animação!!!
Bom findi!!!

terça-feira, 10 de abril de 2018

Voltando aos treinos! De novo????

Pois sim... depois de mais de ano parada, só fazendo levantamento de garfo, criei vergonha na cara de novo e, sem planejar, acordei ontem, segunda-feira, lembrando da minha irmã que está participando de tudo que é prova de corrida que pode. Quase todo final de semana tem uma competição onde ela está participando e neste findi passado foi, nada mais, nada menos que a volta na ilha de Florianópolis!! Claro, ela correu em equipe, mas eu não conseguiria correr nem um, dos dois trechos que ela fez! Haja disposição! 
E como se fossem tapas na minha cara, vi no Instagran, fotos de amigos que também participam de outras atividades esportivas, competindo ou como simples atividades de lazer. 
Eis que acordo na segunda, bem cedinho, vejo um céu nublado lá fora, um ar fresquinho terminei as funções da bicharada cedo sem um motivo especial e pensei... por que não caminhar? Por que não tentar voltar? Coloquei tênis e boné e fui!
A foto acima foi na frente do Recanto, com a cachorrada na torcida! 
São tantas pedras no caminho...
E tantos bichos para parar e acariciar! Saí na direção da balsa, onde sei que lá, sempre tem cães que cobram pedágio (cafuné). Desta vez, conheci novos amigos no caminho até a balsa, pois temos novas casas neste trecho, que não existiam antes. 
Numa dessas novas casas, vejo uma placa que gostei e há tempos procurava, "vende-se ovos"! Obaa!!! Há tempos que procurava algum fornecedor de ovos caipiras, já que me nego a comprar ovos de aviários. Mais uma paradinha para saber o preço... 
Chegando na balsa encontro o sr. Nei e a esposa tirando leite das duas vaquinhas. Grito um bom dia e ele responde que estão fazendo queijo, caso a gente queira comprar... ai,ai, ai... saio para me exercitar e a tentação fica me perseguindo! 
E na frente do estábulo, na estradinha, a filhinha deles brinca com duas filhotinhas de cachorro. Tive que parar para fazer um carinho. Apareceu um lindo filhote de gatinho e outro... e mais um gatinho adulto que ganhou cafuné e veio atrás de mim feito cachorro, pedindo mais! Treininho pingado, mas cheio de amor!
Passando a porteira do Recanto e pegando a estrada para a Prainha, sou interceptada por um vizinho para uma rápida consulta, assuntos da vizinhança...
Já na estrada da Prainha, com o sol querendo e conseguindo furar a barreira das nuvens, alguns trechos de sombra e perfume! Ah... se foto tivesse cheiro... vocês não imaginam o perfume dessas flores do mato! Acho que são os gengibres do mato também conhecidos por lírios-do-brejo.
O perfume destas flores é impressionante! E os benefícios da planta também! Dá até para fazer "refrigerante" do tal gengibre, que é a raiz da planta.
E com estas pequenas interrupções, concluí o primeiro treino de retorno. 
Deu 55 minutos de caminhada, marcados pelo aplicativo Strava, que marca o tempo em movimento, o que é sensacional, pois deve ter dado uma hora e meia, contando as paradas obrigatórias e pedágios... Fiz três corridinhas em trechos planos e sombreados, mas foi mais caminhada mesmo, bem light para não forçar num recomeço! Aliás, outro recomeço... em 2016 tentei voltar mas não fui muito longe! rerere Postei sobre isso aqui.

Segundo dia de treino
Na segunda-feira, mandei mensagem para  a minha irmã, contando do recomeço. Ela vibrou dizendo que vai ter companhia nas corridas... calma!!!! Devagar... respondi pra ela que, mais difícil que recomeçar, é continuar! E é mesmo! 
Ainda bem, que acordei disposta hoje, terça-feira, e fui para a estrada de novo, para fazer meu segundo dia de treininho!
Os pedágios de sempre cobrados pela cachorrada e não tinha como não parar para tirar esta foto na balsa.
Ontem as vaquinhas se assustaram muito comigo, hoje já foram mais simpáticas! É que dificilmente passa alguém caminhando na estrada. São pouquíssimas casas neste trecho e muito distante umas das outras então, o movimento que tem é de carros, motos, uma que outra bicicleta e do ônibus escolar. Quando chega um humano caminhando perto delas, se assustam! Mas como passo conversando e dando bom dia para elas, acho que estão se acostumando comigo.
Hoje resolvi caminhar mais pela Prainha para não ficar indo e voltando até a balsa e parar nos pedágios. rererere A vista que tem na estrada da Prainha é esta! Nada mal, né?!
Neste trecho não teve cobrança de pedágio mas tive que parar para tentar salvar um Louva-a-deus que estava preso em uma teia de aranha. A dona aranha que me desculpe mas, como ela não estava em casa e o pobre do bichinho se debatia muito, chegando a fazer barulho, que foi o que chamou a minha atenção, tive que tirá-lo de lá. Tirei-o da teia e tentei tirar algumas teias que prendiam a patinha dele, mas ele não me pareceu muito firme. Não sei se eles são venenosos, na dúvida, não coloquei a mão nele, fiz todo o salvamento com pauzinhos. Tomara que ele se recupere!
Já retornando, ainda na estrada da Prainha, dá para ver a foz do rio Maquiné na Lagoa dos Quadros, onde fica a balsa onde eu estava quando tirei a foto da garça.
Treino feito, fui dar oi para o vizinho que está esburacando o gramado da Estrela! 
Finalmente, o vizinho resolveu construir e chamou a patrola hoje. A Estrela fica mais no terreno dele, indo para os fundos do nosso, mais para o final da tarde, hora da jantinha dela. 
E as tentações continuam... não é que o vizinho nos presenteou com bolachinhas, mel e queijo???  O negócio é não parar de treinar para não ficar no prejuízo! 
Amanhã vou a Porto Alegre e já vou matar o treino... quinta tem previsão de chuva... ai,ai,ai...

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Pê e o ouriço

Foi no dia 15 de março que a Pê foi apresentada ao sr. Ouriço. Normalmente, a cachorrada late muito quando vê o sr. Ouriço mas, desta vez, ninguém latiu e quando vi, a Pê estava assim. Foi logo depois da janta deles, no final de tarde. Acho que só ela viu o bichinho e foi cheirar... ui!
Eu estava sozinha. Dei um relaxante salvador que tenho em casa, coloquei a Pê no sofá e fui tirando os espinhos aos poucos. Com o relaxante eles ficam grogues mas acordados. O sono é uma consequência da medicação então, a cada espinho que eu tirava, a pobrezinha acordava e resmungava. Tadinha... mas tem que ser assim, não tem outro jeito a não ser, levar no veterinário, o que fica inviável aqui, já que não foi o primeiro ataque, nem deverá ser o último.
O primeiro foi em 2014, logo após a nossa mudança para cá. Fiz uma postagem aqui. Na ocasião, levei um susto e chamei o veterinário e a primeira coisa que ele falou quando entrou aqui, foi: "pior, que eles não aprendem!". E não aprendem mesmo! Pouco mais de uma semana após o primeiro ataque, eles atacaram de novo e percebi que teria que ter um plano B para esses casos. B de barato! rererere
Até que não eram muitos espinhos...
Ainda grogue mas quase sem espinhos. Só tinham um ou dois mais internos.
E no dia seguinte, bem faceira se roçando na grama, como se nada tivesse acontecido!!! 
Tudo bem com a Pê, com o sr. Ouriço e com o meu bol$o!! :)

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Um Projeto por Mês - Bandeja, caixinha e toalhinha bordada

Vou começar confessando que estes dois trabalhinhos não estavam encalhados há taaanto tempo... a caixinha da Beatriz começou em janeiro, assim que soube que o nosso personal eletricista e amigo Clayton, e sua Caroline estavam grávidos.
E a bandeja foi começada na quarta passada. A cunhada gostou tanto da primeira, que foi o projeto do mês passado, que pediu outra para a casa da praia. 
Não estavam encalhados mas foram um dos motivos que não me deixaram pegar um encalhe para finalizar.
Outros dois culpados foram a Páscoa e a figura acima, o Costelinha, que brigou com o Caniço e foi parar no veterinário para costurar o pescoço. Na foto, estamos voltando do veterinário na quarta-feira, mesmo dia em que comecei a pintar a bandeja da cunhada.
Na segunda-feria, quando levei o Costelinha no veterinário em Osório, comprei duas bandejas, uma para a cunhada e outra para nós. Para variar um pouco, perdi um tempinho definindo  estampas e cores.
Tinha este guardanapo de rosas que escolhi para a cunhada. Queria fazer algo diferente da cor chapada, mas a pouca prática aqui, não sabe fazer muito malabarismo com os pincéis e o máximo que saiu, num último suspiro de ideia, foram uns arranhados tentando imitar uma pátina... 
Na foto não dá pra ver direito, mas até que gostei. Da próxima vez, acho que já vou saber imitar uma pátina melhor.
Hoje mesmo, depois do almoço, Leonardo fez a resina e eu passei na base da bandeja para fazer a vez do tal vidro líquido. Como fica legal este acabamento!
Para a caixinha da Beatriz escolhi um guardanapo que eu tinha guardado há muitos anos, mas muitos mesmo!
A pintura da caixinha fluiu rapidinho! Em alguns trabalhos a gente empaca, fica numa dúvida danada mas tem uns que fluem com uma rapidez incrível! E adorei o resultado!
E bordei o nome numa toalhinha linda com ursinhos, para não entregar a caixa vazia. :)
 Amei esta toalha com ursinhos!!
E amanhã devemos ir à Nova Petrópolis e entregar os dois projetos para seus devidos donos, Clayton, já que a Beatriz ainda está na barriga, e a bandeja para a cunhada Betina.

Por hora, vou entregando mais um projeto idealizado pela Bruxinha Márcia, que além de boas ideias, prepara verdadeiras poções na sua caverna, o blog Poções de Arte. Quer participar da brincadeira com a gente? Passa lá na caverna para saber como funciona e vem brincar!
Abaixo, vou atualizando os projetos da demais participantes, na medida em que for espiando seu devidos blogs.
Bom abril a todos!

Bruxa com Porta retratos Minnie
Chris com I love my dog
Eliane com Minha cama
Michelle com Marcadores de Livros
Ana com Aniver do Théo e Minha Páscoa
Jussara com Pregador de Passarinho
Alê com Amigurumi
Teresa com Bolero de Cachecol
Karine com Família de Elefantinhos

domingo, 18 de março de 2018

Segunda Páscoa Linda - Guirlandas dos sonhos

Tinha planejado duas coisas para a segunda Segunda Páscoa Linda, plano A e plano B mas, tive que apelar para um plano C que não estava nos planos. Deu pra entender? 
Seguinte, não consegui executar o plano A, que era uma guirlanda de Páscoa, muito menos o plano B, que eram biscoitinhos de Páscoa. Gente... o calor que fez aqui este final de semana foi horrível!!! Eu odeio calor!!!! Não tinha como ficar na cozinha e ainda por cima, com o forno ligado! Tá loco!! Xô verão!!!
Então, tive que pensar num plano C que é, mostrar as guirlandas dos meus sonhos! Um dia farei uma guirlanda como estas! Gosto de Páscoa assim, com coelhos, ovos, ninhos... 
Estas são algumas das guirlandas que tenho numa pasta do Pinterest e seriam e serão, assim espero, usadas para me inspirar quando, finalmente, for fazer  minha.
Amei esta branquinha!
Amei todas elas! São a minha cara!
Uma das coisas que eu adoro nas brincadeiras da Bruxa, o Um Projeto por Mês, e nas brincadeiras da Michelle, a Segunda Natalina e a Segunda Páscoa Linda, é que me obrigo a fazer alguma coisa, alguma arte, que adoro fazer mas, desorganizada que sou,  me enrolo muito e pouco faço. Desde que participo das brincadeiras, sempre mostrei algo feito por mim mas, desta vez não rolou...
Um dia faço a minha guirlanda dos sonhos! Até fiz uma, no ano passado e postei numa Segunda Páscoa Linda de 2017, aqui. Amo guirlandas!! De Natal, de Páscoa, de boas vindas, qualquer guirlanda! E as de Páscoa são um charme, né?! Ano que vem rola!
Por hora é torcer para que o outono chegue com ares de outono e mande este calorão embora logo!  E torcer para que eu faça algo para mostrar na segunda que vem, na terceira edição da Segunda Páscoa Linda, a brincadeira mais doce da blogosfera e idealizada pela Michelle, do blog Decoração e Invenção.
Corre lá que dá tempo de participar na semana que vem!